Lista de comparação

Paulistanos Escolhem Morar em Arujá

Paulistanos Escolhem Morar em Arujá

Paulistanos Escolhem Morar em Arujá

Morar em uma casa de condomínio em uma cidade do interior tranquila, com qualidade de vida, fácil acesso à capital, valorização do metro quadrado e, acima de tudo, em um empreendimento de ótima qualidade é seu objetivo? Pois saiba que você pode realizá-lo ao morar em Arujá.

A cidade que fica a apenas 41 quilômetros de São Paulo tem diversos atrativos. Sendo as casas em condomínios fechados um ponto alto da região. Aliás, se você reparar, a paisagem nos locais próximos a São Paulo está mudando, uma vez que as famosas fazendas e plantações, que antes eram comuns, estão perdendo espaço para casas de alto padrão. Isso é decorrente de um movimento dos paulistanos que vêm trocando o agito e a insegurança da capital por uma vida mais confortável em condomínios fechados fora da metrópole.
Antes, esse tipo de residência era sinônimo de status. Mas atualmente traz outros benefícios, como a segurança e tranquilidade, fatores que levam muitas pessoas a escolher essa opção. Para que tenha ideia, um levantamento feito pela Embraesp (Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio) mostra que nos últimos três anos surgiu um loteamento a cada cinco dias. Outro ponto importante é a qualidade das rodovias de acesso à metrópole, o que incrementa essa movimentação.
Antes, muitas pessoas pensavam na dificuldade que era se locomover entre o trabalho e a casa. Hoje isso mudou, já que, muitas vezes, os habitantes de cidades próximas à capital paulista acabam perdendo menos tempo do que aqueles que moram em São Paulo. Em bairros mais distantes dos centros empresariais. Além disso, ainda existe a possibilidade de viajar de ônibus fretado, um recurso usado por boa parte dessa população. A seguir, conheça alguns atrativos que fazem dos condomínios de casas em Arujá um ótimo local para se morar em Arujá e investir na cidade.

Aumento na qualidade de vida

Morar em um condomínio conta com características e praticidades bastante diferenciadas. Aqui você tem uma melhora na qualidade de vida, uma vez que conhece os vizinhos pelo nome e pode fazer ações básicas do dia a dia, como ir ao mercado, muitas vezes caminhando. Nos fins de semana, você ainda pode aproveitar um tempo de descanso nos arredores de sua casa. Como cavalgar nas fazendas próximas, por exemplo. É uma vida que mescla, de forma muito satisfatória, a praticidade da cidade grande com a tranquilidade do interior.

Maior segurança

Como uma das queixas mais frequentes de quem busca o interior para morar é a falta de segurança nas capitais, os condomínios de casas têm ampla preocupação com esse aspecto. Por outro lado, você conta com condomínios para morar em Arujá com portaria 24 horas. Cerca elétrica, monitoramento por câmeras, ronda noturna. Entre outras vantagens que trazem total segurança para os moradores. Além disso, saídas e entradas controladas também evitam os riscos e incômodos de visitas indesejadas.

Fugir do Estresse da Capital

Para fugir do estresse de São Paulo e do alto custo de vida, paulistanos têm ido morar em cidades da região metropolitana e do interior. Rodovias como a Castello Branco, Raposo Tavares e Anhanguera se transformam em grandes avenidas. O congestionamento, entretanto, também começa a afetar quem optou morar fora da capital.

Na Rodovia Ayrton Senna, que liga São Paulo às cidades do Alto Tietê e Vale do Paraíba, o número de carros aumentou 15% nos últimos três anos. Há três meses, a concessionária que administra rodovia, está construindo mais uma pista no sentido São Paulo. O objetivo é diminuir em 40% o volume das filas.

Na Rodovia Presidente Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, o trânsito na parte que corta a Grande São Paulo aumentou 18% em três anos. O horário de pico na rodovia é entre às 6h e 10h. Para evitar congestionamentos, a concessionária que administra a rodovia, preparou uma operação e usa as faixas da contramão para fazer o trânsito fluir.

“Entre Arujá e Guarulhos utilizamos a pista [sentido Rio] no sentido São Paulo justamente para dar mais fluidez no tráfego e evitar acidentes”, explica o gerente de atendimento da concessionária, Marcos Brunelli.

O advogado Rodrigo Triatepe trabalha em São Paulo e escolheu morar em Arujá. Ele diz que não abre mão da qualidade de vida apesar de rodar cerca de 30 km a mais do que na época em que vivia na capital. “A matemática não sobressai, então eu prefiro, por mais que seja um gasto maior, poder descansar na minha casa”.

Estrutura de qualidade

Morar em Arujá nessas residências significa, também, que você vai estar ao lado de bosques nativos e praças. Lagos, áreas verdes, que são sempre preservados nos condomínios fechados, e espaços de convivência. Tudo isso faz com que você tenha dias mais tranquilos. O planejamento e a administração regular também são fatores de destaque nesses condomínios, assim como os cuidados com essas áreas comuns e a manutenção periódica que ocorre por lá.
Outra vantagem é que esses empreendimentos ficam em áreas mais reservadas e afastadas do caos central. O que proporciona mais tranquilidade para seus moradores. Apesar disso, os residenciais sempre estão próximos às necessidades básicas dos moradores, tornando a rotina mais prática e cômoda. Assim, você estará a poucos minutos de supermercados, farmácias, escolas, lojas e parques.

Amplo lazer

Uma das maiores vantagens de se morar em Arujá em um condomínio de casas é o lazer que este tipo de empreendimento proporciona. As atividades e opções de entretenimento são diversas e para todas as idades. Os moradores dos condomínios contam com piscinas, saunas, brinquedotecas, playgrounds, quadras poliesportivas, salões de festas, espaços gourmet, churrasqueiras, academias, salões de jogos e, em alguns casos, até mesmo cinemas. Isso, além de ser uma ótima opção para os pais – já que as crianças têm diversas opções para brincar -, também faz com que o imóvel se valorize.

Boa relação custo-benefício para morar em Arujá

Apesar da imagem de que viver em um condomínio fechado acaba pesando muito no bolso, ao colocar na ponta do lápis os custos e as vantagens que isso traz, as conclusões são de que essa opção vale a pena. Como o valor do condomínio inclui uma série de agregados que, no final das contas, são divididos pelos condôminos. Como a segurança e os inúmeros itens de lazer. Essa é uma boa alternativa.
Além disso, como a manutenção do local é um ponto importante para a administração do condomínio. A desvalorização ano após ano também é menor do que em uma casa na rua, por exemplo. Ainda vale destacar que há um interesse, cada vez maior, das pessoas em se divertir e relaxar sem sair de casa.
Por isso, a área de lazer do condomínio pode proporcionar uma maior demanda por esse tipo de imóvel. O que valoriza a sua propriedade. Além disso, o fato de não precisar sair do condomínio para se divertir corta custos com entretenimento. O que também pode ser visto como economia ao colocar todas as despesas no papel. Gostou? Então, conheça já algumas casas à venda em condomínios em Arujá!

Artigos relacionados

Como Alugar Sala Comercial em Barueri em 8 Passos

Alugar sala comercial em Barueri pode ser uma das melhores escolhas para diferentes tipos de...

Continue lendo

Venda de Apartamento no Centro de Carapicuíba: Conheça os Benefícios!

A venda de apartamento no centro de Carapicuíba tem se mostrado proveitosa para imobiliárias e...

Continue lendo

Compra de Terreno Fechado em Mogi das Cruzes: Conheça as vantagens!

A compra de terreno fechado em Mogi das Cruzes oferece diversas vantagens. Desde questões de...

Continue lendo

Junte-se à discussão